Alice WR

ALICE WR | Portugal

http://alicewr.wix.com/experimentos

Lisboa, 1959. Tem formação académica na área das Ciências Humanas. Os conhecimentos de fotografia foram obtidos informalmente e decorrem de leituras, pesquisas e ensaios assim como da participação em Whorkshops, em Comunidades e grupos de  artistas.

Participa em Projectos artísticos, Bienais e Exposições colectivas e individuais nas modalidades de fotografia e pintura. Foi seleccionada para as Bienais de Fotografia de Vila Franca de Xira (2010, 2012) e para o Projecto Colectivo Portas Abertas da Fundação Eugénio de Almeida em Évora (2013). Foi artista convidada na XVIII Semana Internacional de Piano de Óbidos (2013), apresentando 30 trabalhos fotográficos sob o título “O futuro não está escrito”. Participou no 1º Encontro Fotográfico Ibérico em Espanha (2015). Recebeu três primeiros prémios e uma menção honrosa em Fotografia (Lisboa, 2014, Aljustrel, 2013 e Viana do Castelo, 2011). Facilita e anima tertúlias e debates sobre fotografia.

Fotografa, as mais das vezes, com a estética num olho e a contemplação no outro procurando nos espaços onde se move aquilo que os define, mas numa singularidade que seja a sua. Fotografa solitariamente e distante do objecto fotografado, preferindo estar fora do seu ângulo de visão. Fotografa com o Eu interior partindo de uma representação subjectiva e emocional da realidade usando a lente como uma possibilidade de fuga para transfigurar o real e para o carregar da poesia que ele parece não ter.

 

ROMANCE

????????????????????????????????????©Alice W R

“Romance” é um trabalho que reúne 9 imagens captadas em lugares indefinidos e em tempos distintos. No seu conjunto, apresenta-se sob a forma de mosaico para que o visitante possa varrer o espaço com o olhar e construir a sua própria narrativa visual.

O conceito subjacente a este trabalho é a ideia de que quando olhamos para imagens com um certo grau de ambiguidade o nosso hardware biológico activa a imaginação e que, mais do que a intencionalidade, a estética ou a emocionalidade do autor, o foco está na multiplicidade de leituras possíveis que decorrem da percepção de quem olha.

texto de Alice W R

 

1138 Total de Visitas 2 Visitas Hoje