PORTUGAL

 

 

FINLÂNDIA

 

 

 

 

EXPOSIÇÃO:

 

By leaves we live
Vivemos das folhas

 

Este é um mundo verde, onde os animais, comparativamente com as plantas, são poucos e pequenos, e todos dependentes das folhas. Nós
vivemos das folhas. (…) o mundo é principalmente uma vasta colónia de folhas, crescendo e formando um solo frondoso, e não uma mera massa
mineral: e nós vivemos não pelo tilintar das nossas moedas, mas pela riqueza de nossas colheitas.

Sir Patrick Geddes, pioneiro do planeamento urbano (1854-1932)

 

As florestas são fundamentais para o equilíbrio ecológico do Planeta: regulam o clima,o ciclo da água, a qualidade de ar, fixam dióxido de carbono, retirando o seu excessoda atmosfera, abrigam a biodiversidade animal e vegetal e são o repositório de muitos princípios ativos usados em medicamentos.

Além disso (e muito mais) criam paisagens de grande beleza, que variam de coloração e aspeto com as estações do ano, e desde sempre foram objeto de registo por poetas, pintores e fotógrafos.

Mas não se confundam florestas com plantações industriais de árvores, sejam eucaliptos, pinheiros, oliveiras ou abacates, que visam a produção e não a conservação e a prestação do serviços ecológicos; é certo que também estas plantações prestam alguns serviços ambientais, mas muito mais reduzidos se comparados com um belo carvalhal do Gerês ou de Montesinho.

Se queremos travar as alterações climáticas em curso, já claramente percetíveis, temos que apostar a sério na reflorestação a nível mundial, recuperando, senão na totalidade, pelo menos grande parte dos 178 milhões de hectares de floresta que o mundo perdeu nos últimos 30 anos.

Sem isso o futuro não será verde, mas muito, muito cinzento!

Nuno Gomes Oliveira
Biólogo

 

 

 

 

 

 

 

 

Total Page Visits: 351 - Today Page Visits: 1