BRASIL

Lucila Horn. Artista, Curadora, produtora e Arte educadora, graduada em Artes Plásticas, pós-graduada em Pintura, especialista em Arte e Ciências Humanas, e em Fotografia, mestre em Educação e Cultura e doutora em Educação. Artista desde 1987 e desde 1989 atua na área de educação. Como curadora destacam-se as exposições “Brasil África em nós” (Parceria com Walter Firmo – 2009) no MIS SC, “Fotografia(s) Contemporânea Brasileira: Imagens, Vestígios, Ruidos” (2013-2014) no Museu de Arte de Santa Catarina – MASC, co-curadoria de “Translitorânea” (2014) de Andrea Einchenberger com curadoria de Michel Poivert, no MESC, Feiras Arte FOTO em Helena Fretta Galeria de Artes (2015-2020). Em 2021 esteve entre os 15 curadores convidados para o Les Rencontres d’Arles – Iandé & Photo Doc – Rituels photographiques | Un regard sur le Brésil. Orienta os trabalhos do projeto de extensão Clube de Fotografia junto ao Laboratório interdisciplinar de formação de professores LIFE/Udesc. Orientadora da Missão Fotográfica Nefa BC/2020 e da Residência na Foto 2020. Coordena o Festival de Fotografia Floripa na Foto, o BC Foto Festival, o Encontro de Livros de Fotografia de Autor – ELFA e o Núcleo de Estudos em Fotografia e Arte – NEFA.

 

EXPOSIÇÃO   PROIBIDO SUBIR AO ALTAR

© Lucila Horn

A série “Proibido subir ao altar” é resultado de pesquisa desenvolvida a partir da residência artística “De cultura a Cultura” realizada na região de Porto – Portugal, incluindo a Ilha de São Miguel – Açores, em fevereiro de 2019. Uma reflexão sobre a religiosidade característica da cultura açoriana, herança mantida em festas e costumes no interior da Ilha de Santa Catarina onde vivo. Para além de abordar poeticamente questões como valores morais e disciplina, heranças de uma sociedade judaico-cristã que tenta ditar os papéis de homens e, principalmente, das mulheres; a narrativa segue para a possibilidade de transpor as barreiras culturais impostas.

Lucila Horn

 

 

 

 

 

 

 

Total Page Visits: 104 - Today Page Visits: 1