Marco Araújo

Marco Araújo, natural do Rio de Janeiro (Brasil), 62 anos, engenheiro civil pós-graduado em Cálculo Estrutural, começou cedo na fotografia ao ganhar de seus pais uma máquina fotográfica “ Kodak Rio 400”, lançada da Kodak em 1965, em homenagem aos 400 anos da fundação da cidade do Rio de Janeiro. De lá para cá nunca mais parou de fotografar, embora suspendesse essa atividade em alguns períodos. Passou a fotografar com mais ênfase à partir do ano 2000.
A predileção pelo preto e branco foi uma opção puramente financeira em virtude de não dispor de recursos, na sua adolescência, de optar pela cor em virtude dos altos custos da revelação. Com isso, acabou por se acostumar e gostar do P&B, que o acompanha como adjunto primordial na sua fotografia.
Realizou algumas exposições: na cidade do Porto em 2012, no Colectivo f4; na Câmara dos Vereadores de São João da Barra, no Rio de Janeiro, em 2012; no Monumento a Estácio de Sá, no Parque do Flamengo, no Rio de Janeiro, em 2013 e na Cadeia Velha, na Prefeitura de São João da Barra, em 2014.
Participou em diversos concursos internacionais na América do Sul, América do Norte e Europa, recebendo algumas menções honrosas.

Paraty

Esta exposição tem como tema, a cidade de Paraty, cidade localizada ao sul do Estado do Rio de Janeiro, no Brasil. É considerada uma das cidades históricas brasileiras que mais preserva o seu património, com suas ruas e casarios completamente conservadas e que nos remetem aos tempos do Brasil, quando colónia portuguesa. Paraty, abriga diversos eventos anualmente, como a famosa Festa Literária Internacional, a “Flip” e o Festival Internacional de Fotografia, o “Paraty em Foco”, um evento com a duração de 5 dias. As fotos aqui expostas foram feitas em 2013 e 2014, no período do “Paraty em Foco” e em visitas de final de semana.

 

826 Total de Visitas 1 Visitas Hoje