Ana Gil

ANA GIL | Espanha

Ana Gil, nasceu em Ourense, em 1973.

É doutorada em Belas Artes pela Universidade de Vigo (2012). Participou em diferentes mostras de prestígio como Fem Art (Barcelona, 2006), Arte no parque CGAC (Compostela, 2007), XI Bienal Pintor Laxeiro (Lalín, 2013) ou XIII Certame “Isaac Diaz Pardo” (Coruña, 2013), Ahora Nosotras (2014) Museo MARCA (León). Algumas das suas propostas foram recolhidas em feiras como Jaal Photo (Madrid, 2014) ou Cultur3 Club (Gijón) e colabora com diversas galerias como Galeria Metro Arte (Santiago de Compostela) ou Galeria Murillo (Oviedo). Parte deste ensaio que o Outono Fotográfico traz ao iNstantes 2016, foi um dos projectos seleccionados no Certame Novos Valores 2016 da Deputación de Pontevedra.

 

AUSÊNCIAS

5p

© Ana Gil

A partir de mínimos elementos, o ensaio “Ausências” nasce da necessidade de delimitar a enganadora fronteira entre o visível e o invisível, como metáfora da condição humana a partir de uma encenação concentrada mediante a percepção de instantes fugidios, emoções ou gestos fugazes que funcionam como armadilha,  em que o binómio presença/ausência remete para algo mais que a simples descrição da paisagem.

A expressão da perda, elemento relevante neste projecto, mostra-se através de uma série de condições formais como a composição, a gradação subtil da cor, ou a sugestão das formas nas quais predomina certa languidez num meio (o mar) que normalmente se caracteriza pela sua bravura e violência. A fragilidade deste contorno revela-se intranquila, ou à espera de uma decisão reprimida que já está quase decidida. Através desses restos de onda desgastada e cansativa, dominada por uma densa névoa que apenas permite distinguir os últimos banhistas, pode ver-se alguma certeza sobre as ocasiões falidas, separações ou oportunidades perdidas, das que não ficam mais que algumas pequenas sombras como sobreviventes após uma catástrofe.

O espaço sempre como metáfora de quem o habita, ou mais concretamente, de quem deixou de habitar a nossa paisagem interior: os nossos desaparecidos.

1038 Total de Visitas 2 Visitas Hoje