PORTUGAL

website: www.joanarainer.com

Joana Rainer (1993, Vila Franca de Xira).

Licenciatura em Estudos Gerais – Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Pós-Graduação em Estudos Comparatistas – Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Encontrei a fotografia analógica no meu primeiro ano de faculdade, em 2012. Não tendo dinheiro para investir numa câmera digital, este encontro com o mundo analógico mudou a minha vida para sempre. 

Há um ano comecei também a fotografar alguns auto-retratos em digital, mas creio que é a fotografia analógica que ganha um lugar especial no meu coração. A sua beleza continua a revelar-se todos os dias.

Apesar da alegria que sinto sempre que aprendo algo novo sobre fotografia analógica, a minha parte preferida é sempre aquela que não posso explicar ou nomear – a que pertence ao mistério e à imperfeição.

 

Joana Rainer (1993, Vila Franca de Xira).  

B.A General Studies –  Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Postgraduate Degree in Comparative Literature –  Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

It was during my first year of faculty back in 2012 that I found out about analogue photography. Not having the money to buy a digital camera, this meeting with the analogue world changed my life forever.

One year ago I also started to take some self-portraits, but I think that’s the analogue photography that holds a special place in my heart. Its beauty keeps unfolding in front of me every day.

Even though there’s this joy when I learn something new about it, my favourite thing is still the imperfect and mysterious part of it — the one I can’t explain.  

 

EXPOSIÇÃO: Sonhos Lúcidos | Lucid Dreams 

© Joana Rainer

“Lucid Dreams” começou por ser, há cerca de dois anos, o modo como comecei a olhar para as minhas fotografias. É nesta série em particular, fotografada em São Miguel, que sinto que este termo mais se espelha e afirma. Foi o melhor sonho lúcido que tive até hoje. Contemplo o resultado e sinto, imediatamente, que estou dentro daqueles sonhos cheios de eco e de nevoeiro – sei que é lá que quero ficar, ir ficando. Como quando sonhamos que estamos a cair e vamos acordar quando chegarmos ao chão mas, neste caso, eu não acordo: ou melhor, acordo lá e não cá. Caio sem chegar aqui e lá fico, vagarosamente, num deambular de asas em sereno limbo onírico.

I started to look at my photos about 2 years ago as “Lucid Dreams”. I feel that this term is most mirrored and declared in this particular series shot in São Miguel. It was the best lucid dream I had until today. I look at the results and I immediately feel that I’m inside these dreams full of fog and echoes – I know that I want to stay there. It’s like when you dream that you are falling and you are going to wake up when you reach the ground but, in this case, I don’t wake up: or in other words, I wake up there and not here. I fall without getting back here, but I stay there, slowly roaming around with my wings in a serene limbo.

 

 

 

 

 

 

 

Total Page Visits: 145 - Today Page Visits: 2