PORTUGAL I  https://laraplacidoarq.wixsite.com/lparq

Lara Plácido (Porto,1978) enquanto arquitecta procura no seu trabalho questionar e devolver à arquitectura o seu papel essencial. Dar dignidade e qualidade de vida a lugares habitados nos mais diversos contextos e pontos geográficos.

Como ferramentas de reflexão multidireccional usa a fotografia e o vídeo desenvolvendo um trabalho documental – experimental.
O seu trabalho tem sido exposto nas Bienais de Arquitectura de Londres, Quito, Barcelona, Buenos Aires, São Paulo e na Porto Design Bienal e premiado e exibido em vários festivais de cinema.

 

EXPOSIÇÃO  MINERALIDADE INTERROMPIDA

© Lara Plácido

 

A materialidade urbana monótona afecta a percepção sensorial?
Como é que o corpo reage a viver dentro de um ambiente mineral?

A mineralidade (do mineral_ sólido, composto inorgânico natural) no meio urbano contemporâneoparece ser uma constante transsversal às coordenadas geográficas.
Numa cidade, como tantas outras, a mineralidade entranha-se na pele de quem habita os espaços.
O pó, a areia, trazidos elo vento dificultam o deambular pela cidade com um olhar atento.
Sentimos a pele secar.
Da actuação antrópica, resulta uma continuidade do chão para o plano vertical das construções.
É urgente interromper a mineralidade construída.
Os habitantes sentem necessidade de equilibrar e recuperar  o ecossistema urbano.
Os elementos orgânicos endógenos teimam em sobreviver.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Total Page Visits: 364 - Today Page Visits: 2